Hebert x Ariston: A disputa silenciosa nos bastidores da prefeitura de Barra dos Coqueiros

By Victor Rafael jul 17, 2023


Nos bastidores da atual gestão na prefeitura de Barra dos Coqueiros, uma disputa silenciosa tem se desenrolado entre Hebert Pereira e Ariston Porto, ambos almejando a posição de vice-prefeito na chapa de Alberto Macedo, que busca a reeleição. Embora poucos tenham percebido, a reeleição de Alberto tem despertado um intenso embate entre esses dois atores políticos, cada um buscando consolidar seu espaço e garantir a indicação para a tão cobiçada posição de vice-prefeito.

Ariston Porto, secretário de governo de Alberto, tem investido consideravelmente em uma equipe profissional de marketing e publicidade para reverter a antipatia que o público geral nutre em relação a sua figura política. Com ampla experiência na área, Ariston já ocupou a mesma posição durante a gestão do ex-prefeito Airton Martins e recentemente assumiu a secretaria de governo na administração de Alberto, sucedendo Taline. Com o sonho de ser vice-prefeito há muito tempo acalentado, Ariston encontra-se agora em uma posição estratégica, próximo a Alberto e trabalhando incansavelmente para fortalecer seu nome e se tornar a escolha ideal.

Porém, a entrada em cena de Hebert Pereira, indicado por Alessandro Vieira, senador agora filiado ao MDB, como secretário de Defesa Social da prefeitura, trouxe uma nova dinâmica para o cenário político. Alessandro, conhecido por suas injeções de recursos no município, tem demonstrado de forma discreta seu interesse em promover Hebert como seu candidato a vice-prefeito, revelando uma clara estratégia política em jogo. Vale ressaltar que a mudança de cargos entre o Senado e a prefeitura impactou significativamente o faturamento mensal de Hebert, evidenciando os interesses políticos envolvidos em sua recente defesa fervorosa ao prefeito Alberto.

A especulação em torno de uma possível candidatura de Hebert a vereador foi prontamente desmentida pelo próprio secretário, deixando claro seu interesse apenas em disputar eleições majoritárias em Barra dos Coqueiros. Na eleição anterior, Hebert se posicionou como opositor de Alberto Macedo, conquistando 585 votos em contraponto aos 9.258 votos obtidos pelo atual prefeito. Conforme os eventos se desenrolam, fica cada vez mais evidente que os planos de Alessandro visam formar uma chapa com Hebert como vice-prefeito e, caso Alberto não busque a reeleição, garantir sua indicação como sucessor.

No entanto, à medida que as eleições se aproximam e a necessidade de definir as chapas se torna iminente, surgem questionamentos sobre como essa situação afetará Ariston e Hebert. Ariston estará disposto a aceitar a interferência de um senador que busca a ascensão de seu “menino de ouro” à vice-prefeitura? Por outro lado, Alessandro estará disposto a abrir mão de sua indicação caso Ariston seja a escolha de Alberto para o cargo de vice-prefeito? Essas incógnitas levam à conclusão de que o grupo de Alberto Macedo deverá realizar uma eleição interna para definir o nome do vice-prefeito antes mesmo do período eleitoral, respeitando os sentimentos e desejos de todos os envolvidos.

À medida que o processo eleitoral avança, é inevitável que as tensões e rivalidades entre Ariston Porto e Hebert Pereira se intensifiquem. A formação de uma chapa que atenda aos interesses de todos os envolvidos torna-se um desafio para o grupo de Alberto Macedo, que busca consolidar sua base política sem causar divisões internas. Resta acompanhar de perto os desdobramentos dessa disputa política, que promete movimentar ainda mais os bastidores.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *